segunda-feira, 16 de janeiro de 2012


campo magnético do amor

a emoção me levou para ti
mas a razão me impediu de amá-lo
meu coração não aceitou a tua recusa
e sofreu com tua indiferença

meus olhos buscava os teus
nas tardes de outono
mas só achava as lembranças
dos teus sorrisos ensolarados

vaguei numa estrada  onde
a neblina cobria meus sonhos
desejados que só tu despertava
em minha caminhada

repousei no jardim das certezas
e rabisque na arvore da eternidade
que serás meu,e vi a luz da tua  alma
envolvendo-me  no campo magnético do amor.

Márcia Lyrio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisar este blog

Páginas