quarta-feira, 11 de janeiro de 2012


descoberta

Se alguma vez sorri
longe do seu coração
foi porque falaste com ele
em meus sonhos
onde sua presença constante
 é um refrigério a minha alma
que vive em sintonia com a sua
no vale doce do amor
em ti semeie  a verdade do querer desvendar
os mistérios do o amor além da vida
que dá ritmo a nossa
melodia da permanêcia
ao deseja-te mergulhei
 no fundo do poço dos seus sonhos
e fiz a descoberta
que meu coração intuía
ao ler em seus olhos:

-és a minha amada-

Márcia Lyrio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisar este blog

Páginas