sábado, 26 de novembro de 2011


te amar

tudo torna-se vida
quando chega
aparando as arestas
de uma tristeza
constante no meu coração
com sua leveza contamina
minha alma com a pureza
do seu olhar,levando-me
a um caminhos de certezas
onde o mar com sua fúria
mostra-me a calmaria de amar-te
a cada nascer do sol e vivo
no equilíbrio de ultrapassar
o entendimento que é viver
a plenitude de te amar.

Márcia Lyrio



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisar este blog

Páginas