quarta-feira, 11 de janeiro de 2012



permanência da felicidade

em meio aos bosques encantados
olhando os horizontes perdidos
vieste com olhares ensolarados
desvendando todos os sentidos

em sua mão segurei e senti a emoção
na  minha alma batiam nossos corações
que descobriu em ti a união
de celebrar entre os corpos as sensações

nos mares de pétalas surgem as ondas da vida
onde navegamos nas correntezas de delicias
e suspiramos com a emoção renascida

assim repousamos nas caricias
e sonhamos a realidade encontrada
na permanência da felicidade desejada

Márcia Lyrio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisar este blog

Páginas